segunda-feira, 29 de março de 2010

é só lamento.

Posso te dar adeus
Um beijo no ar
Viver sem o que é meu
Mas não vivo sem o teu olhar
Ele me diz tudo
Lê a minha alma
Mesmo quando estou calado
Transmite seu amor ao meu lado
O seu toque cura
Te tocar era com ternura
Agora sinto frio e amargura
Sem abraços vou pra rua
Procurar alguém que ouça
Que compreenda o meu lamento
Terei que pagar
Para não parar
No fundo de um bar
Bêbado e caído
Sem lar

Será que ainda terei beijos teus?

Nenhum comentário:

Postar um comentário