domingo, 30 de janeiro de 2011

de dois em um

Eu já estou a degustar o seu
resolvi chorar ao inves de rir
aonde esta esssa sitação
citação
somos autenticos
sim
quando nos encontramos entramos na sintonia fina
escrevemos o que pensamos,
vivemos o que escrevemos
imaginamos o que olhamos
olhamos apenas oque amamos
amamos o desconhecido , ele nos atrai
sim
eu to atraido
eu não estou, eu sou...


Bruno Pupio e Carla Guerra

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Ao amor meio desatento

O meu eu
Junto com o que prometeu
É uma causa perdida
Uma triste despedida
Sem partida
Pois continuamos os mesmos calados
Separados por uma parede frágil
Se você insisti então dividi
O teu amor em mil
Em um mirante
E ilumina toda minha solidão
Que por ocasião não anda tão
Quero ter só uma
Então não saia
Escuta eu dizer tudo oque me faz
É você meu bem, acho que tudo isso te convém...

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

meio diferente?

Dizem que ando meio diferente
Por falar palavras ásperas
Mas continuar sorridente
Atitudes faladas
Quem me entende?
Será o seu caso?
Ou ninguém de repente
Ser eu é o que faço
Cigarro acabado
Um livro começado
Idéia firmada
E atitude contestada
A verdade sempre ausente
Em nossa meio
Quero fazer o teu inteiro verdadeiro
E não bajular por um sexo falso
Mãos ao alto
Só para agradecer
E roubar apenas o bom dizer
Saber o teu nome
Entrar no teu véu querer
Entendo você e sua raiva
Sua dor
A nossa luta é falar mudar ser feliz e prosperar
Que coisa boa, querer e conquistar
Sacrifício santo
Até no desespero
Com minha calma me espanto
E sei a dificuldade
De ser verdadeiro
Quero tudo que é possível
Não ser um lunático invisível
Nem um rude romântico
Disser que nem vive tanto
Espero farto nada mudar
Mas é fato que vou
Eu vou atrás
É assim que vou seguindo
Pelo intuitivo
E não pelo coletivo