quinta-feira, 28 de julho de 2011

foges tu Rex

nego foge com tudo pago
imagina eu que num tenho nem sapato
é fácil sumir desistir
quero ver se tu é homem e persistir
encarar de frente
a bandeira da verdade inconsequente
então aguente o meu verbo
ele vai na cara nada discreto
o papo é reto
se tu pode, pode
se não pode sai correndo....

Nenhum comentário:

Postar um comentário