quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

algo me diz

Não sei por quanto tempo eu esperei
Mas sei que aguentei
Cem anos não é nada para a minha paciência
As ilusões são passageiras
Uma cegueira do coração
Quero ter filhos e amizades verdadeiras
Na realidade busco a felicidade
Junto a ti
De nossa fidelidade
E se eu disser que te amo e quero passar a vida toda contigo?
Você dirá que não acredita agora
Mas ei que uma hora irá acreditar
A vida prospera com o meu amor
O meu coração só para você
Ter resignação
E apagar a dor

Nenhum comentário:

Postar um comentário